Sobre o Evento

O Seminário Jogos Eletrônicos, Educação e Comunicação  – construindo novas trilhas, está na sua décima segunda edição, dando continuidade e fortalecendo as discussões iniciadas em 2005, na UNEB, que contribuíram para a criação da Rede Brasileira de Jogos e Educação (RBJE),  tornando-se um marco para pesquisadores da área. A décima segunda edição tem como desafio estabelecer uma interlocução entre jogos eletrônicos e saúde. Nesta lógica o objetivo principal é reunir uma rede de pesquisadores e desenvolvedores de jogos a fim de discutir e explorar esse campo de estudo e produção tanto no que se refere aos serious games como aos games apenas com fins comerciais. É importante destacar que este tema vem sendo objeto de investigação de pesquisadores em todo o mundo, ao longo dos últimos cinco anos, mas ainda não foram encontrados um número significativo de estudos e produtos neste segmento. Portanto, a possibilidade de socializar e intercambiar as pesquisas existentes sobre essa questão, pode contribuir para a consolidação desta interface. Ressaltamos ainda que tal evento se constitui em um locus para potencializar o desenvolvimento da ciência, inovação e tecnologia no país. A área de games representa hoje a maior indústria de entretenimento, agregando profissionais e pesquisadores com distintas expertises que desenvolvem novas metodologias para produção de games. Tanto em nível de pesquisa quanto desenvolvimento a realização de práticas inovadoras é fundamental, na medida em que potencializa uma rede criativa com pesquisadores e profissionais com diferentes expertises que juntos constroem um conhecimento coletivo que traz contribuições para os diferentes campos de conhecimento.

Assim, o XII SJEEC mantendo sua tradição de dialogar com as distintas áreas que permeiam a área de games, contaremos com a presença de pesquisadores do cenário internacional e nacional, bem como com desenvolvedores brasileiros que vem construindo um percurso diferenciado na indústria de games no Brasil.

Além da Conferência de abertura, das palestras e mesas redondas com desenvolvedores e pesquisadores, teremos também a mesa redonda com as crianças e adolescentes que interagem com as tecnologias, especialmente os jogos digitais, dando destaque esse ano para a interação destas crianças com o Minecraft e suas produções. A realização desta mesa já virou uma tradição no evento, por acreditarmos que os adultos, pesquisadores, professores, especialistas e desenvolvedores devem escutar e ouvir os sujeitos que diariamente constroem um sentido diferenciado para estes artefatos tecnológicos.

As apresentações dos trabalhos e resultados de pesquisas por parte dos investigadores brasileiros e de outros países também é uma ação importante no evento, por permitir a socialização, intercâmbio e discussão das pesquisas que estão em andamento.

E finalmente teremos a Mostra de jogos digitais na qual os desenvolvedores de diferentes partes do país, podem inscrever seus jogos e apresentar para a comunidade do evento, recebendo premiações quando for o caso.

Além disso,  o XII Seminário Jogos Eletrônicos, Educação e Comunicação – construindo novas trilhas, que será realizado no período de 8 a 9/05/17, em Salvador, confirma os propósitos de socializar as investigações que tem sido  produzidas nos cenários internacional e nacional, intensificando o foro de debates sobre diferentes perspectivas, marcando um espaço diferenciado para reflexão, pesquisa e desenvolvimento dos jogos eletrônicos dentro do contexto educacional, tecnológico, cultural, inovativo e inclusivo. 

 



Objetivos

  • Realizar um Seminário sobre Jogos Eletrônicos, com a finalidade de agregar, nacionalmente e internacionalmente esforços para potencializar este tema dentro do espaço acadêmico.
  • Fomentar os debates entre os pesquisadores e desenvolvedores de jogos eletrônicos
  • Implementar a cultura dos games na sociedade contemporânea, apontando suas possibilidades pedagógicas, comunicacionais e empresariais nos diversos espaços privados e públicos.
  • Fomentar o debate sobre o desenvolvimento de games na perspectiva da diversidade enfocando possibilidade, avanços e desafios.
  • Contribuir para consolidação da indústria de games no Brasil, desenvolvendo práticas inovativas, empreendedoras e especialmente novas tecnologias para esta área.
  • Promover um espaço de discussão e socialização dos projetos e pesquisas que vem sendo realizadas sobre jogos eletrônicos, saúde e educação, subsidiando a construção de novas práticas nas áreas de saúde, jogos digitais e educação.
  • Socializar as pesquisas que vem sendo desenvolvidas fora do Brasil em torno dos jogos eletrônicos, sinalizando assim, o potencial interativo desses elementos tecnológicos.
  • Configurar e consolidar os estados do nordeste como espaços potenciais para o desenvolvimento tecnológico e científico sobre jogos eletrônicos, saúde e educação.
  • Socializar pesquisas na área de games, experiências de sucessos e desafios, delineando este novo cenário de experiências mediadas pelos jogos digitais.