Selecione a Linguagem

EnglishFrançaisDeutschPortuguêsEspañol

Siga comunidades virtuais

Cursos

O Comunidades Virtuais também realiza processos de formação inicial e permanente através de cursos relacionados com cultura digital e suas interfaces, especialmente games, destacando o curso de Especialização em Game Design e a Graduação Tecnológica em Jogos Digitais. É importante destacar que estes cursos foram os primeiros no estado da Bahia a terem o objetivo de formar e qualificar profissionais para fomentar a indústria de games no nosso estado.

Especialização em Game Design

O curso foi uma parceria do Comunidades Virtuais com a Benditas e objetivou criar um espaço de formação inicial para os jovens interessados em ingressar no mercado de games na Bahia.

Período: 2020 – 2021

Acessar site

Graduação Tecnológica em Jogos Digitais

O primeiro curso de graduação na área de games na Bahia. O curso é vinculado ao Departamento de Ciências Exatas e da Terra da UNEB – Campus I, tem duração de três anos e meio e o ingresso dos alunos é pelo ENEM.

A Especialização em Game Design (EGD) da UNEB, iniciativa do Centro Comunidades Virtuais, é a primeira pós-graduação lato sensu na área de Games do Estado da Bahia, o que traduz o seu caráter inovador. O objetivo principal da EGD foi criar um espaço de formação permanente na área de Game Design.

Período: 1ª. turma 2013; 2ª. turma 2016

Acessar site

Desenvolvimento de Games

O curso foi uma  parceria do Comunidades Virtuais com o Senac e objetivou criar um espaço de formação inicial para os jovens interessados em ingressar no mercado de games na Bahia.

Período: 2015

CV – Comunidades Virtuais incubadora

Comunidades Virtuais incubadora foi criada para fomentar o mercado de desenvolvimento e pesquisas na área de ambientes interativos, incluindo games, aplicativos, livros digitais, entre outras linguagens do universo da cultura digital. Esta incubadora irá fomentar o desejo e iniciativa de alunos e professores dos cursos de jogos digitais, design, computação, entre outros que desejam criar o seu próprio negócio, bem como desenvolver investigações sobre novas ferramentas e tendências nessas áreas, articulando com as discussões que tensionam a Economia criativa no cenário nacional e internacional.